terça-feira

Dar milho aos pombos na Madeira: agendamento de eleições e eventual revisão constitucional

Ele, anda a dar milho aos pombos, agora na nova versão de banana da Madeira.

Há limites para tudo, até para a inclusão da destituição do mandato do PR, que já há muito devia ter sido consignado na CRP. 


_____________

Mas antes que isso ocorra, o que tem feito o sr. Cavaco Silva, na qualidade de porta-voz de Passos Coelho: 1) ajustou o calendário eleitoral ao interesse de Passos nas últimas legislativas; 2) está na calha a acomodação desse agendamento para efeitos de futura Revisão Constitucional, a fim de permitir eleições legislativas antecipadas que se desenham no horizonte, também para conformar a vontade de Passos e Portas da não aceitação da nova maioria parlamentar criada no pós 4 de Outubro.

No fundo, Cavaco não existe por si, ele existe por relação ao Governo que ampara de Passos & Portas, e por quem está a dar a vida de modo a ter um fim de mandato com alguma dignidade institucional. 

Cavaco sabe que se terminar funções depois de empossar A.Costa como PM, terá um funeral político sem honras de chefe de Estado, e, em vez de ir parar a um jazigo, será despejado numa valeta..., como um cidadão comum, anónimo e onde os cães, depois, urinam, sem dó nem piedade.

E é disso que cavaco tem medo. Tem medo de passar a cidadão anónimo. 

_____________



Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home