quarta-feira

Portugal FEDE. Manipulação dos motivos e interesses da classe política vs national interest



A Habilidade Específica do Político
A habilidade específica do político consiste em saber que paixões pode com maior facilidade despertar e como evitar, quando despertas, que sejam nocivas a ele próprio e aos seus aliados. Na política como na moeda há uma lei de Gresham; o homem que visa a objectivos mais nobres será expulso, excepto naqueles raros momentos (principalmente revoluções) em que o idealismo se conjuga com um poderoso movimento de paixão interesseira. Além disso, como os políticos estão divididos em grupos rivais, visam a dividir a nação, a menos que tenham a sorte de a unir na guerra contra outra. Vivem à custa do «ruído e da fúria, que nada significam». Não podem prestar atenção a nada que seja difícil de explicar, nem a nada que não acarrete divisão (seja entre nações ou na frente nacional), nem a nada que reduza o poderio dos políticos como classe. 


Bertrand Russell, in 'Ensaios Cépticos: A Necessidade do Ceptcismo Político' 

_________________


Obs: Nada como citar o maior filósofo da política do séc. XX, Sir Bertrand Russel, para enquadrar esta questão, a qual permite compreender, no domínio da manipulação das paixões das massas, o modo como os agentes políticos mitigam as suas motivações, objectivos, razões e interesses pessoais com os supostos interesses nacionais. Ainda que esta deriva tenha sido, com mais propriedade, estudada e desenvolvida por Gustave Le Bon. 

________________________________



Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home