sexta-feira

Presidenciais. Guterres fora da corrida

Nota prévia: Guterres, com esta decisão, revela desapego ao poder. Quem mais em Portugal, nestas peculiares circunstâncias em que o ex-PM já seria o virtual vencedor -  revelaria tamanha decisão de abdicar do mais alto cargo da nação?! 

__________








__________

Obs: Se este notícia tiver pleno fundamento tal revela alguns aspectos da personalidade e carácter do ex-PM, António Guterres: 

1) Guterres revela desapego ao poder, pois é o único candidato (virtual, porque ainda não tinha formalizado a sua candidatura) a Belém que sabia gozar de condições políticas - objectivas e subjectivas - para conquistar Belém e abdica de tudo isso em nome da sua actual missão - de Alto Comissário para os Refugiados (ACNUR). Quem é que em Portugal - de entre a classe política - faria uma coisa destas?? 

2) Este "out-of-the-game" vem baralhar todo o quadro político, designadamente na área política do centro-esquerda, que, doravante, terá de (re)pensar um candidato credível para bater o candidato melhor posicionado pela direita, e que se estima seja Marcelo R. de Sousa. 

3) António Vitorino, Jaime Gama e poucos mais... Resta saber da sua vontade e disponibilidade. 

Seja como for, esta decisão de abdicação de um cargo que é muito apetecível e estaria, à partida, conquistado (como indicam todas as sondagens de opinião), revela bem a personalidade e o carácter de que o engº António Guterres é portador - além da sua dimensão ética e projecção internacional com o papel que está desenvolvendo no mandato que ora renova no âmbito da ONU.

Esta é mais uma daquelas raras decisões, com cunho ético-político, em que se ganha perdendo!!! 

________________




Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home