domingo

Leves e pesadas verdades da vida nacional: o passivo da democracia


Mais nuns casos do que noutros, consoante as épocas, as lideranças e as conjunturas por que Portugal passou nestes últimos 40 anos de alegada democracia (representativa e pluralista!!) - é útil sublinhar que estes últimos 3/4 anos foram os piores para as pessoas, para as empresas e para o próprio Estado (que se tem vindo a desmantelar, com prejuízo do bem comum) - que, sob a obsessão ideológica e programática "passista", tem como ideário vender/privatizar tudo ao preço de saldo, sem que daí seja acautelado a qualidade dos serviços públicos prestados, os preços praticados e a proximidade com os cidadãos/clientes/consumidores.

Daqui resulta que das últimas quatro décadas - Portugal e os portugueses - vivem hoje, seguramente, os piores 4 anos da sua vida. 

___________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home