sexta-feira

Homens de barro: Pedro & Paulo



_________

Obs: Homens de barro fundem-se uns nos outros, tornam-se indistintos, sem identidade, personalidade e/ou vida própria. Dissolvem-se como açucar em água. 
- Primeiro, fundem os cidadãos-contribuintes, depois fundem as famílias, de seguida fundem as empresas, com uma carga fiscal sem precedentes. Depois, como é bom de ver, fundem um país inteiro, uma economia inteira, uma sociedade menos inteira, porque boa parte dela já foi obrigada a emigrar, e convidada pelo próprio governo - que deveria ter sabido criar condições para fixar as populações, - dando-lhes condições de trabalho e de dignidade.
- São estes dois meliantes, de novo, que se apresentam a eleições. É preciso ter muita, mas mesmo muita lata. Lata num país que também está doente. Doente por os tolerar...
_________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home