sábado

O polícia mau do Banco de Portugal foi reconduzido pelo pior PM desde 1974

Nota prévia: Só um Governo irresponsável e sem vergonha consegue manter em funções um governador incompetente, laxista e punitivo contra os legítimos interesses de milhares clientes (particulares e institucionais) que foram burlados por um conjunto de mal-feitores do BES - que ainda hoje se passeiam pelos corredores da alta finança nacional. Carlos Costa - é como Passos Coelho - é forte com os fracos e complacente com os poderosos, com a agravante de colocar numa torre de marfim o Novo Banco - a quem isentou milhões de euros em impostos e em relação a quem dispensa de pagar os créditos devidos aos clientes lesados. 

Numa palavra: Governador e PM deveriam ter o mesmo fim, mas esse é um funeral político que se aguarda eminente.  

________

Carlos Costa reconduzido como governador do Banco de Portugal




Ângelo Lucas/Global Imagens
O Expresso diz que o Governo já convidou Carlos Costa a manter-se no cargo, e o Diário Económico acrescenta que Carlos Costa já aceitou o convite formulado em conjunto pelo primeiro-ministro e pela ministra das Finanças.
No entanto, a TSF falou esta tarde com o Banco de Portugal (BdP), que não comenta a notícia e uma fonte do gabinete do primeiro-ministro garante que não há ainda uma decisão sobre este processo.
De acordo com o Diário Económico, o convite a Carlos Costa está sustentado na intenção de manter a mesma coordenação em processos que estão em curso, como os casos do Banco Espírito Santo, Banif e Montepio Geral.
Em causa está a necessidade de manter no cargo o mesmo governador que liderou até agora os dossiers complicados e de assegurar uma estabilidade numa área de extrema importância e sensibilidade.
Apesar das críticas de que tem sido alvo, como por exemplo o facto de ter adiado a saída de Ricardo Salgado, para o Governo Carlos Costa é a pessoa indicada para concluir as contraordenações a alguns gestores do BES, concluir a venda do Novo Banco, concluir a liquidação do BES, resolver o problema do papel comercial dos clientes de retalho do BES, concluir a reestruturação do Banif, e concluir a separação dos órgãos sociais entre Associação Mutualista e Caixa Económica Montepio Geral.
___________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home