terça-feira

Espanha e o Portugal dos pequeninos

Nota prévia: Portugal é ainda um país de mais brandos costumes, se comparado com o reino de Espanha. Pois cá não há corrupção, nem processos de fraude ligados ao sector bancário, nem agentes políticos mentirosos, que dizem uma coisa em contexto eleitoral e outra diametralmente oposta uma vez no poder. Em Portugal só há casos de corrupção, fraude e mentira política a brincar, e essas brincadeiras têm nome: BPN, BES, aquisição de submarinos, Tecnoforma, venda de acções do BPN em condições out-of-market ..., e outras ligadas as tantas outras coisas, também a brincar neste Portugal dos pequeninos. 
________



Líderes do PSOE e do PP debitaram números, cronologias, citações e trocaram algumas acusações. Sánchez chamou mentiroso a Rajoy. Este não gostou
Oito minutos apenas. Foi este o tempo que o líder socialista demorou a referir o ex-tesoureiro do Partido Popular, Luis Barcenas, responsável pelo esquema de contabilidade paralela no partido do primeiro-ministro espanhol. "O que o senhor fez nestes últimos quatro anos foi mentir aos espanhóis", disse Pedro Sánchez, no debate realizado ontem à noite com Mariano Rajoy, citando a mensagem de telemóvel que o líder dos populares enviou a Barcenas a 18 janeiro de 2013 dizendo: "Luis. Entendo. Sê forte." Uma semana depois o chefe do governo afirmava não se lembrar da última vez que falara com o tesoureiro.(...)
______________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home