terça-feira

As esquerdas andaram a ler Almeida Garret


- Parece que o PS, o BE e a CDU andaram, em conjunto, a ler Almeida Garret e concluíram uma coisa simples que, aliás, está na raiz desta rejeição da coligação Paf (também ela contra-natura e feita em momento pós-eleitoral) que provou não estar à altura da governação de Portugal, por isso produziu tanta pobreza e tantos pobres e excluídos.

- A leitura de Garret  parece, pois, ter produzido mais frutos do que 150 anos de leituras de Karl Marx. 

- A Austeridade - não devia ser levada tão longe como método sistemático de governação duma extrema-direita perigosa e anti-social, que visou o desmantelamento do Estado social e a reafirmação do preconceito ideológico e programático desenvolvido pela dupla de meliantes, Pedro e Paulo que descobriram hoje a ruptura política que Portugal começou a viver desde 4 de Outubro. 

______________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home