terça-feira

Neologismo - por Manuel Bandeira -

Os agentes políticos em Portugal têm de reler a poesia sublime de MB, talvez assim escrevam menos cartas uns aos outros e as suas conversações possam sortir mais efeito. Há sempre um Sábado no tempo perdido que volta a repetir-se. Um Sábado de esperança que ditará um bom futuro. Um Sábado que irá repetir-se sempre no funcionamento do sistema político português. 

Os 10 melhores poemas de Manuel Bandeira
NEOLOGISMO
Beijo pouco, falo menos ainda.
Mas invento palavras
Que traduzem a ternura mais funda
E mais cotidiana.
Inventei, por exemplo, o verbo teadorar.
Intransitivo:
Teadoro, Teodora. 
©MANUEL BANDEIRA 
In Belo belo, 1948

K__________________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home