quinta-feira

O Estado-quadrilha que aliena todo o património nacional

Estado põe edifícios históricos da Alfândega de Lisboa à venda








Pergunto-me se estes factos revelam práticas dignas de um Estado de bem, que também terá de desenvolver uma política do património (que é nacional) ou se se trata, tão somente, duma QUADRILHA,  como diria Aquilino Ribeiro (noutro contexto)!!!

- Ainda se pode chegar ao extremo de o XIX Governo (in)Constitucional alienar todo o património que resta do Estado, de modo a que quando o próximo governo for empossado ter de telefonar a um empresário amigo do dr. Pedro Passos Coelho para ceder um espaço a fim de o governo se instalar nas traseiras de um banco ou nalgum anexo da mercearia do Pingo Doce.

Este Estado é tão ruim que até se aliena a si próprio na ânsia de resolver o problema do défice!

Isto é mau de mais para ser verdade, mas, infelizmente, É!! !

_________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home