domingo

Grupo de personalidades cria manifesto para reforma do sistema eleitoral








_____________________
Obs: A responsabilização do deputado perante o eleitor é uma miragem no actual sistema político e de representação parlamentar hoje existente na casa da democracia.
No Reino Unido quando um animal é atropelado num determinado distrito sabe-se quem é o eleito responsável por esse círculo eleitoral; em Portugal, são os aparelho partidários que injectam os deputados nas listas a serem ratificadas pelas direcções partidárias, um processo que se tem revelado completamente inimputável perante os problemas das populações - que olham para os seus representantes quase de forma anónima e distante.
Considerando esta falta de representatividade, que tem sido progressiva desde 1974, o que aumenta a distância entre governados e governantes, entre eleitorados e eleitos - não deixa de ser curioso que sejam pessoas externas às actuais direcções partidárias, ainda que com ligações a partidos, como o histórico Ribeiro e Castro, que sempre teve uma relação péssima com Paulo Portas (que beneficia do actual logro inerente a esta democracia representativa deficitária) - que assumem as posições urgentes deste tipo de manifestos em Portugal, os quais só pecam por serem tardios e gozarem de escassa cobertura mediática e popular...
Pode ser que desta vez a tendência de mudança ao nível da reforma do sistema eleitoral conheça uma nova dinâmica.
_____________________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home