segunda-feira

Uma dupla fatal que empobrece velozmente Portugal e os portugueses




Passos Coelho serve-se do governo para empobrecer objectivamente o país e os portugueses;

Cavaco Silva serve-se da presidência para empobrecer subjectivamente o país e os portugueses.

A diferença entre ambos no desastre que está em curso em Portugal radica no seguinte: aquele escavaca Portugal diariamente no mundo das empresas, das pessoas e das famílias; o outro legitima essa destruição escrevendo prefácios a roteiros.

A democracia representativa e pluralista não é uma fórmula convergente com a inevitabilidade de consensos compulsivos, pois é impossível forçar forças partidárias e líderes a entenderem-se quando eles estão estruturalmente afastados nas principais opções de políticas económica, financeira e social em Portugal. 

O dinheiro não é tudo. 


Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home