sábado

A Mulher não devia ter dia...






A Mulher não devia ter dia...

A circunstância especial de se ter institucionalizado o Dia da Mulher denota bem as desigualdades gritantes ainda hoje existentes entre elas e os homens nos mais diversos papéis e patamares da sociedade: salários, status, níveis de responsabilidade, carreiras, etc. Em inúmeras dessas circunstâncias tais discriminações negativas para as mulheres não se justificam, representam antes uma desigualdade gritante neste 1º quartel do séc. XXI. Daí a necessidade duma rápida convergência daquelas condições de partida a fim de evitar mais desigualdades nas sociedades contemporâneas entre os dois sexos. Seria positivo que esse percurso se fizesse mais por via dos exemplos do que pela imposição legislativa, impondo quotas ou outras condições asseguradas por via da lex - que não deixam de ser, pela natureza das cosias, uma muleta para as mulheres quando, na verdade, elas apenas precisam duma oportunidade para demonstrarem que, em inúmeras profissões, são até mais eficientes do que os homens.

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home