quinta-feira

A Gaiola de Ferro de Max Weber na vida de Duarte Lima


Quando Max Weber avançou com a imagem da gaiola de ferro reportava-se à rigidez associada à ordem racionalista e altamente burocratizada do sistema capitalista que hoje aprisiona a maior parte da humanidade. A burocracia tornava-se assim a expressão dessa estrutura organizacional que hoje preenche a vida económica e social. 

Forçando a metáfora -, notamos que hoje uma decisão judicial autoriza que Duarte Lima deixe a prisão preventiva nos calabouços da PJ e passe ao regime de prisão domiciliária, onde aguardará o julgamento (talvez à revelia, dada a inexistência de acordo de extradição de cidadãos portugueses para o Brasil). 

Ou seja, o arguido sai directamente da prisão para o seu luxuoso e amplo apartamento no centro de Lisboa - onde disfruta de uns 500m2 e de excelentes condições físicas, materiais e outras que tais para viver até ao fim da sua vida. Será, eventualmente, julgado à revelia e nunca cumprirá pena (pelo alegado crime de que é acusado no Brasil), o problema reside no BPN. 

Por ironia do destino, outros colegas de partido, como dias loureiro terão, porventura, desviado avultados milhões para contas pessoais à conta do erário público e continua em regime de "gaiola de platina". Ou seja, sem limitação de perímetro de segurança e anda por aí... 

Contudo, Duarte Lima terá mais e melhores condições de vida do que um cidadão da classe média em Portugal sem restrições de liberdade, apenas estará limitado àqueles metros quadros impostos pelo perímetro de segurança determinados pela lei. Pode, assim, fazer da sua casa - a vida em sociedade que a maior parte dos portugueses nunca teve. Daí a ironia do destino neste conceito complexo de liberdade...

Numa palavra: Lima regressa à sua condição inicial, ou seja, à situação de alegado pré-crime, e, nessa medida, regressará à sua condição de "gaiola d´ouro" para voltar a viver que nem um lord

Vistas bem as coisas, e sopesadas as condicionantes conhecidas, creio que o arguido fez um excelente negócio. Talvez até o melhor "negócio" da sua vida, under the circunstances...



Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

<