quarta-feira

A história é um conjunto de desatinos modelada pelo imprevisto e o risco: Sá Carneiro e Mário Soares


O que seria o futuro do futuro se o presente e o passado tivessem tido mais justiça e dignidade entre nós?

Resultado de imagem para sá carneiro

O que é a história? Lato senso, é tudo o que se refere ao desenvolvimento das comunidades humanas: acontecimentos, factos, manifestações da actividade humana no passado que tendem ou ajudam a explicar e a compreender o presente.

- Imaginemos, por uns instantes, o que teria sido o futuro e a face de Portugal caso o acidente (ou atentado!?) de Camarate que vitimou Sá Carneiro (e outras personalidades da vida pública nacional) não tivesse ocorrido?

- De forma talvez grosseira, atrevo-me a sugerir que Cavaco jamais teria sido PM de Portugal durante uma década seguida (e talvez não passasse de ministro das Finanças de SC), como foi; Sá Carneiro poderia ter preenchido esse papel durante uns anos; o papel de Mário Soares, por seu turno, quer como PM e depois como PR, também poderia ter sido diferente, amputado (com diminuição de algum protagonismo, como veio a ter); e a história do país ter assumido - em algumas áreas ou sectores da economia e da sociedade - uma dinâmica diferente. 

Para melhor, para pior? Não o sabemos.

- Só sabemos que...  


Resultado de imagem para sá carneiro

... o futuro - pessoal e colectivo de Portugal - teria sido seguramente diferente. 

- Felizes daqueles que morrem de morte natural, fruíram duma vida longa e deixaram um legado.

- Infelizes daqueles que morrem antes do tempo e, sobretudo, num país em que a miséria da Justiça espelha bem a justiça da miséria que temos, que nem os crimes - ou alegados crimes cometidos conseguem ser apurados e as respectivas responsabilidades (civis e criminais) devidamente imputadas aos agentes criminosos. 

- A justiça é em Portugal um verdadeiro cancro que penaliza seriamente a vida das pessoas, das empresas e do tecido conjuntivo da economia nacional. 

- O futuro já é uma tremenda incerteza e risco. Nunca sabemos se regressamos a casa quando saímos. Mas a justiça que tem minado a coesão social deste Portugal contemporâneo em nada ajuda à clarificação dos "mistérios" que ainda hoje se abatem sobre a cabeça colectiva do povo português que, depois de ser esmagado, empobrecido e embrutecido por 40 anos de ditadura salazarista - nem sequer ter direito a saber o resultado dos alegados crimes praticados em solo nacional. Ou seja, a justiça em Portugal tem negado ao povo o acesso à verdade. 

- É que a resposta a esta questão poderia refazer todo o futuro que se seguiu a 1980, ainda que a opção pela integração europeia fosse tão desejada por Mário Soares como por Sá Carneiro. 

_______________

Etiquetas: , , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home