quinta-feira

A um braço de distância - do Rafael -

Da série: Declarações públicas idiotas

A um braço de distância...



Com os cumprimentos,
Rafael Bordalo Pinheiro

________

A presidente da Câmara de Colónia foi ridicularizada na internet pelos conselhos que deu às mulheres no sentido de que situações como a do dia 31 de dezembro não se repitam
WOLFGANG RATTAY / REUTERS

“Se não querem ser violadas, mantenham-se a um braço de distância de desconhecidos”

Manterem-se perto de um grupo de pessoas conhecidas, pedirem ajuda aos restantes transeuntes e - a preferida da internet - manterem-se a um braço de distância de desconhecidos foram as sugestões dadas por Reker, para evitar abusos deste género. O Twitter não demorou a reagir, nalguns casos para fazer pouco das ideias e noutros para se queixar da alegada vontade de culpar a vítima e não o agressor.
Nesta publicação pode ler-se a mensagem “Como prevenir a violação? Não violando”, rematando com a hashtag que está a dominar as redes sociais: #einearmlaenge, ou “um braço de distância”.
_________

Etiquetas: , , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home