quinta-feira

O mundo civilizado jamais deverá esquecer estes homens e mulheres inocentes


Uma morte é uma tragédia, 129 mortos não são uma estatística: mural e memorial das vítimas, Expresso


Presidência da República francesa anunciou esta quarta-feira estar concluída a identificação de todas as vítimas mortais dos atentados de Paris. Predominam os jovens, há muitos músicos e estudantes, há católicos e muçulmanos, há mãe e filha, há marido e mulher, há irmãos. E há portugueses. Nos hospitais permanecem ainda 221 dos 352 feridos. (...)
___________

Obs: A luta da civilização contra a barbárie - ao longo dos tempos - sempre foi uma luta penosa, lenta, dolorosa e desigual, mas não há alternativa a esse combate inevitável. Ou melhor, a alternativa seria não combater esse câncer repleto de metástases, e isso causaria males maiores em todas as sociedades onde o terrorismo se fizer sentir. Devemos isso à memória das pessoas inocentes que perderam a vida às mãos desses monstros. 
________________________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home