sábado

Pires de Lima saiu da Ajuda de elétrico para o Cais do Sodré



Nota prévia: O poder tem destas ironias, mas tudo isto até seria interessante se as matérias e os dossiers problemáticos sob a tutela da pasta da Economia tivessem sido minimamente resolvidas, ou encaminhadas no sentido do verdadeiro interesse nacional. A TAP é um espinho pendente para o futuro governo e os clientes lesados - particulares e institucionais do BES - poderiam ter sido mais e melhor respaldados por um ministério que, em rigor, tem uma noção da governação da coisa pública que passa sistematicamente pela lógica das privatizações. Ora, a política não é isto, muito menos a governação. Também aqui houve um erro de casting com os figurantes escolhidos para tão sensível área da governação em Portugal nos últimos 4 anos. 


Pires de Lima saiu da Ajuda de elétrico para o Cais do Sodré

Pires de Lima saiu da Ajuda de elétrico para o Cais do Sodré

____________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home