sábado

A tragédia de Cavaco: os tempos do fim

I have a dream, a bad dream...


Cavaco pensou que os seus dias do fim seriam recheados de sucesso, como se no seu sonho tudo se realizasse a seu contento e em vantagem daqueles - os seus herdeiros - que sempre beneficiou politicamente (por vezes, despudoradamente): 

- Ajudou a meter Sócrates na cadeia, e deixava-o a apodrecer por lá;
- Deixava a dupla de meliantes Pedro e Paulo instalados na gamela do poder;
- Reconduzia a sua discípula no Ministério Público, para reforçar a cadeia do outro;
- Colocaria um herdeiro político na presidência da Assembleia da República.

Tudo isto lhe saiu furado, como se o seu sonho virasse um pesadelo: Sócrates está livre e disponível para as curvas, e daqui para a frente irá começar a cobrar as facturas.

- Passos e Portas são nados-mortos da democracia, quais cadáveres adiados à espera que o coveiro lhes faça a sepultura.

- Joana Marques Vidal, em nome do MP, deixará um péssimo legado na "casa", pois nem sequer conseguiu suster essa perfídia que são as fugas selectivas ao segredo de justiça. Quanto ao caso dos submarinos, que envolveu o nome do dr. Portas e do financiamento do cds, ela sugeriu que se estudasse o problema como um case-study.

- Na Assembleia da República foi eleito o candidato pelo PS, agora com o apoio convergente do PCP e do BE, um cimento armado dinamizado pelo discurso anti-democrático do autoritário Cavaco, que sempre conviveu mal com a democracia e até colaborou com a polícia política do ancien regime.

- Pior ainda: o seu amigo e principal financiador de campanhas, Ricardo Salgado (BES), caiu em desgraça, Cavaco finge que não o conhece mas Ricardo, mais cedo ou mais tarde, fará o favor de lembrar os contornos dessa longa amizade à opinião pública. 

- Em suma: Cavaco foi vítima de si próprio, das teias que foi tecendo ao longo de três décadas de poder ininterrupto, sendo hoje o agente político português mais tempo em funções. Com maior longevidade do que ele, só António de Oliveira Salazar...

___________________


________________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home