terça-feira

Supremo confirma condenação ao Santander Totta por causa de contrato "Swap"

Nota prévia: É chegada a hora de os bancos, grandes beneficiários da crise e da recessão, não ficarem mais impunes com os produtos financeiros que vendem aos clientes - particulares e às empresas, porque a teoria da inimputabilidade eterna tem os dias contados, e ainda bem. É por causa de notícias deste teor que ainda renasce a esperança na justiça e nos operadores judiciais que a promovem. 

_______


Supremo confirma condenação ao Santander Totta por causa de contrato "Swap"


Em causa está um contrato de permuta de taxas de juro celebrado entre o Santander Totta e a empresa de Lousada Fábrica de Papéis dos Cunhas, que entretanto faliu e mudou o nome para Sweatbusiness.
Um caso que está nas barras dos tribunais desde 2012, ano em que a primeira instância de Lisboa tinha já decretado a nulidade do contrato "swap" entre o Santander Totta e a empresa de Lousada numa decisão posteriormente reiterada pelo Tribunal da Relação que condenou o banco à devolução de 2,2 milhões de euros, mais juros, tendo então o Santander recorrido para o Supremo Tribunal de Justiça que confirma agora a decisao anterior. (...)
________

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home