sábado

Lindo é quando o COVEIRO de Portugal fala em novos horizontes

Nota prévia: Na novilíngua de George Orwell o escritor e jornalista inglês, que fez a guerra civil espanhola, explicou em 1984 (de 1949) como a guerra era paz e os cemitérios poderiam ser verdadeiras dancetarias. Sem querer, e a quase um século de distância, o autor de O Triunfo dos Porcos, e profundamente atento às injustiças sociais, definiu eficazmente todo o comportamento social e político de Passos coelho, que recorre à mais hedionda e primária propaganda para se promover e vender ao eleitorado, muito do qual está alienado. 
_________

  • Imagem picada no rizoma.



O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, defendeu hoje, em Alijó, que Portugal precisa de deixar para trás das costas os fatalismos e alguma acomodação, de se abrir para novos horizontes e acolher quem tenha novas ideias.
Passos Coelho está a dedicar o dia de hoje ao Douro, onde diz que se sente "um fervilhar" nestes últimos anos.[...]
________

Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home