sábado

A avózinha síria que desafia dois jihadistas do Estado Islâmico

A avózinha síria que desafia dois jihadistas do Estado Islâmico

"Nada do que vocês fizeram foi em nome de Deus", afirma uma idosa depois de se aproximar de um carro no qual estão dois militantes do Estado Islâmico. Sem revelar qualquer medo, a mulher chama "diabos" aos dois homens e exige que parem de matar pessoas.
Nas imagens, que se estima terem sido captadas na Síria e que estão a ser reproduzidas em sites de todo o mundo, inclusive o da televisão Al-Arabya, os jihadistas começam por dizer à idosa: "Avózinha, não temos tempo para isto, vai-te embora".
Mas quando os militantes do grupo sunita começam a tentar justificar as suas ações com as suas recentes orações, a idosa volta ao ataque, citando versos do Alcorão que proíbem os assassínios. Os dois homens acabam por ironizar e ignorar a mulher.

________

Obs: Uma anciã culta a dissertar contra uma parede de fanáticos que nunca leram duas páginas seguidas do Al Corão. É como dar pérolas a...

Seja como for, esta intervenção serve para nos fazer meditar acerca do assassínio em série cometido pelo alegado EI. 

______________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home