sábado

Cúmulo do azar: terrorismo jihadista



Há quem mate jornalistas e caricaturistas num jornal e vá morrer numa empresa gráfica - onde ficou um refém desconhecido pelos agressores e que facilitou a eliminação física destes pelas autoridades policiais.  

Vivemos tempo estranhos, perturbadores, perigosos e desafiantes e, simultaneamente, irónicos!!!

________


Etiquetas: ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home