segunda-feira

Obama vestia "smoking" e foi confundido com empregado de mesa

Obama vestia "smoking" e foi confundido com empregado de mesa

RON SACHS/EPA - Michele e Obama já foram vítimas de racismo

É o presidente dos Estados Unidos. É um dos homens mais poderosos do mundo. Mas isso não impediu que fosse vítima de racismo por diversas ocasiões, ao longo da sua vida. Em entrevista à revista People, Barack Obama e a mulher, Michelle, revelaram alguns dos momentos em que sofreram na pele os mais variados tipos de discriminação e preconceito.
"Acho que as pessoas por vezes esquecem-se de que nós moramos na Casa Branca há seis anos", introduziu Michelle Obama, para em seguida acrescentar: "Antes disso, Barack Obama era um homem negro que vivia na zona sul de Chicago, que tinha uma enorme dificuldade em conseguir apanhar um táxi."
Esta entrevista surge precisamente numa altura em que os EUA têm sido palco de vários protestos, depois de as autoridades terem decidido não apresentar queixa em dois incidentes diferentes nos quais polícias brancos mataram homens negros.
Na entrevista, Michele Obama recordou o episódio, cuja data ou local não especificou, em que o marido foi confundido com um empregado num jantar de gala, porque vestia "smoking".
"Ser confundido com um empregado de mesa numa festa de gala é uma coisa. Confundirem um filho com um ladrão e algemarem-no, ou coisa pior, enquanto ele anda na rua vestido como qualquer adolescente, é uma história totalmente diferente", frisou.
"Não existe um homem negro da minha idade que não tenha esperado do lado de fora de um restaurante pelo seu carro sem que alguém o tenha entregue as próprias chaves", revelou o presidente.

_________

Obs: Medite-se no tema e no exemplo que Obama tem dado ao mundo para contrariar essa tendência, que resulta dum défice cultural e cognitivo. 

______________

 

Etiquetas: ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home