sábado

Evocação de Jorge Luís Borges - O camelo do dinheiro -



O senhor Borges tinha o hábito de guardar o dinheiro entre as páginas dos livros. Cada vez que precisava, pedia-me e eu dava-lho. Outras vezes ele mesmo o tirava, uma vez que conhecia o lugar onde estavam os livros, ou porque lhes acariciava a lombada e sabia de qual se tratava. Mas à medida que o dinheiro se ia gastando era preciso ir ao banco, e então o senhor dizia-me: "Fanny, temos de dar de comer ao camelo". Acontece que o livro maior e onde ele guardava mais dinheiro tinha na capa um camelo em relevo e ele não perdia oportunidade de dizer uma piada. 

in O Senhor Borges - U.R e A.V.


_____________



Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home