sexta-feira

O BLOCO CENTRAL DE INTERESSES - por Luís Meneses leitão -


Syntagma, por Luís Meneses Leitão

Esta votação demonstra já o que se perspectiva para o próximo governo. Efectivamente, apeado António José Seguro, o PS de António Costa está inteiramente vocacionado para um governo de bloco central, juntamente com o PSD, apostado em satisfazer os interesses do costume, especialmente os dos políticos. Os funcionários públicos perderam até 10% dos seus salários e tanto Passos Coelho como António Costa só os prometem devolver nas calendas gregas. Mas entretanto repõem aos seus amigos uma imoral subvenção vitalícia, obtida ao fim de 12 anos de "trabalho" no parlamento. São estes privilégios dos políticos que os sacrifícios dos cidadãos pagam. Tenham vergonha.

___________

Obs: A.Costa teve aqui uma estrondosa oportunidade perdida de mostrar que pensa e o que faria de diferente. Pois nem uma coisa nem outra. Começa mal, o que só o limita eleitoralmente e atinge na sua autoridade - moral e política. Ainda pensei que a proposta manhosa do PSD se tratasse duma artimanha do PSD para, à última da hora, o partido laranja retirar a proposta e ser o PS quem ficaria na bossa do camelo. Mas não. Quem ficou na bossa do camelo foram os suspeitos do costume. Os mesmos que pagam este fartar de vilanagem, ainda por cima no período - social, económico e financeiro - mais recessivo desde 1974. Tenham vergonha, como sublinha acima LFM. 

______________________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home