sábado

Narrativas Aviónicas: as mangas do avião e o legado de Vasco Santana


Quando as autoridades policiais e de segurança do Estado detém um cidadão é porque existe o risco eminente de fuga acumulado com a destruição de prova que compromete o curso da investigação e a possibilidade de demonstração de prova. Aqui, não era manifestamente o caso...

Ora, no caso que conduziu à detenção do ex-PM - na própria manga do avião, como se "vê" na imagem, é que ele, assim que chegou ao aeroporto da Portela, já se estava a pirar pelo outro lado da asa do avião - misturado com o próprio combustível, para potenciar o disfarce e aumentar a eficácia da fuga.

Descontando a ironia da situação, somada à sacanice do espectáculo da sua detenção que consistiu em o assassinar politicamente aos olhos da opinião pública, em pleno Congresso do PS e no decurso das mega-fraudes dos vistos GOLD do dr. Portas e do caso GES/BES, o engº Sócrates tem, de facto, um verdadeiro problema pela frente: esse problema, creio, já não consistirá na putativa fuga para o estrangeiro pela outra asa do avião, só visível à lupa, mas em demonstrar como é que um sujeito que aufere cerca de 3500€ mês, com o vencimento de deputado, mais outro tanto como consultor duma empresa farmacêutica, consegue adquirir um apartamento em Paris no valor de quase 3ME e que, alegadamente, e por interposta pessoa, movimentava um património no valor de 20ME.

O Vasco Santana, o Vasquinho, sempre poderia alegar a ajuda das tias, no caso vertente essa possibilidade poderá não ser plausível em tribunal!!! 

Nem sei se será invocada!! Ainda assim, lembrei-se de associar ao espectáculo dos media um fragmento da nossa arte cinematográfica que marcou os primórdios do nosso cinema. 

Espectáculo por espectáculo, sempre prefiro este último..




_________


Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home