sexta-feira

Evocação de Chateubriand: a Incompetência é crime: Cavaco e Durão Barroso

Nota prévia:

- O dr. Cavaco tem pautado a sua acção a partir do farol de Belém pelo desrespeito continuado pela CRP (que jurou defender!!), cumplicidade criminosa com o Governo (que governa contra a lei e contra o TC) - com quem "anda ao colo" e pretende, tão somente, conquistar a glória e um lugar proeminente na prateleira dourada na história;

- O dr. Barroso, por seu turno, que foi um DESERTOR político e desencadeou uma guerra ilegítima contra o Iraque (um crime contra a Humanidade!!!), pautou a sua acção por ter fragilizado  a Europa, ter desvalorizado e enfraquecido as suas instituições e revelou uma subserviente relação à Alemanha de Merkel - que nos impôs esta miserável "AUSTERIDADE" com base na qual empobrecemos, mesmo depois da troika ter deixado de tutelar a economia portuguesa.

Daqui decorre, legitimamente, a evocação de Chateaubriand.



A ambição de quem não tem capacidade é um crime.
Chateaubriand








Cavaco Silva e Durão Barros durante uma cimeira europeia em Bruxelas, em junho de 2013

Cavaco Silva e Durão Barros durante uma cimeira europeia em Bruxelas, em junho de 2013 /  JOHN THYS/AFP/Getty Images
O Presidente da República vai condecorar o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, com o Grande Colar da Ordem do Infante D. Henrique, por serviços "de extraordinária relevância" para Portugal e União Europeia.

Cavaco distingue Barroso com galardão reservado a chefes de Estado


Presidente da República atribui a condecoração ao presidente de saída da Comissão Europeia, por ter exercido o "mais alto cargo internacional alguma vez assumido por um português" e realizado "serviços de extraordinária relevância" a Portugal e à União Europeia. (...)

____________


Etiquetas: , , , , , , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home