segunda-feira

AS INUNDAÇÕES EM LISBOA - por Luís Meneses Leitão -

Via Syntagma



Não tivesse Lisboa um presidente da câmara em tempo parcial, convencido de que os eleitores o escolhem para ele se dedicar a mais altos vôos, e a cidade preparar-se-ia adequadamente para a chegada das chuvas. Mas como o presidente da câmara de Lisboa tem sempre outras coisas a que se dedicar, a cidade transforma-se todos os anos num verdadeiro rio logo que chegam as primeiras chuvas. Nada que preocupe António Costa que amanhã trava um debate decisivo para ser o candidato do PS a Primeiro-Ministro e para quem isto é uma questão menor. Ainda havemos de ouvir dizer se tratou de uma manobra de São Pedro para interferir nas primárias do PS. Na verdade, São Pedro está a pôr a nu a tão afamada grande capacidade de gestão autárquica que a boa imprensa de Costa vê nele e que eu sinceramente nunca vi. Costa nem sequer pode proclamar: "Après moi, le déluge!". Em Lisboa o dilúvio surge sempre com ele.

_______________

Obs: Se António José Seguro lê o artigo de Luís Meneses Leitão ainda substitui os marketeers que também integraram a campanha de Luís Filipe Meneses - e tenderá a integrar este tipo de argumentos, com a Natureza a jogar a desfavor de A. Costa, a fim de inverter a tendência de voto para as primárias no PS a seu favor. É tudo uma questão de tempo. Neste caso, do Tempo!!!

____________________



Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home