sexta-feira

Pequena evocação a Salgueiro Maia...


.... curiosamente, esta imagem foi extraída de um Mural de um espanhol. Pelos vistos, nuestros irmanos, aqui ao lado, também se importam com o que se passa no burgo.

- E como o conteúdo da imagem assenta que nem uma luva àqueles que estão hoje literalmente a escavacar com o que resta do Estado social e de um conjunto de valores e conquistas de Abril (até já pareço um comunista a falar!!!) - dedicamos esta imagem (e o seu importante conteúdo) ao XIX Governo (in)Constitucional - precisamente por ser o COVEIRO  da economia portuguesa e dos portugueses.

- Recordo apenas mais uma coisinha: parece que foi negado à viúva deste Capitão uma reforma digna. Quem foi o autor dessa proeza foi alguém que, antes da Revolução dos Cravos, preenchia fichas da PIDE para continuar a estudar. Isso é conhecido e está documentado. 

- Paradoxalmente, foi também a mesma pessoa que, cumulativamente, negou o direito àquela pensão de viuvez (à viúva de Salgueiro Maia, bem entendido) e tentou, hoje, em pleno hemiciclo da Assembleia da República - fazer a pedagogia da Democracia e da Liberdade.

- Por isso, o dr. Aníbal está de "parabéns", v.q., consegue dizer uma coisa e fazer o seu exacto contrário. A coisa seria risível se não fosse grave e envolve a qualidade de vida a milhões de pessoas.

- É por atitudes, comportamentos e acções desta natureza que este Portugal está como está, ou, como diria Salgueiro Maia: foi o estado a que chegámos...

- É por isso que não devemos perder a MEMÓRIA. 

__________



Etiquetas: ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home