quinta-feira

Re-evocação de Mário-Henrique Leiria







Remake, 2010


Evocação de Mário-Henrique Leiria, já um clássico da literatura surrealista esquecido entre nós, mas que urge recuperar recriando o fundo cínico e hipócrita do nosso tempo que hoje o próprio Tempo nos obriga a abraçar na cinza dos dias. Fica, pois, aqui a homenagem a esse vulto, um pássaro migrador que andou de cidade em cidade a valorizar o mundo e não, como alguns pseudo-poetas carreiristas e oportunistas, que se servem do partido, da política e da máquina do Estado para se alimentarem à mesa do OGE.
CINEGÉTICA
Um caçador
perdeu a cedilha
e por isso
sua mulher
nunca mais
quis ir à caça
com ele
sem cedilha
CARREIRISMO

- Após ter surripiado por três vezes a compota da despensa, seu pai admoestou-o.
- Depois de ter roubado a caixa do senhor Esteves da mercearia da esquina, seu pai pô-lo na rua.
- Voltou passados vinte e dois anos, com chófer fardado.
- Era Director Geral das Polícias. Seu pai teve um enfarte.


Etiquetas: ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home