domingo

O querido líder da Lapa foi reeleito com quase 90% dos votantes alienados



Algo vai mal no reino da Lapa quando os militantes de um partido (supostamente pluralista e competitivo) - e em plena recessão económica e com elevados níveis de desemprego - votam esmagadoramente naquele que é o principal coveiro do país. 

À devastação política segue-se a devastação económica, financeira e social, e é essa eucaliptização da vida política nacional que desvitalizou a competitividade interna do PSD que poderá justificar o deserto de candidatos nesta eleição ao estilo norte-coreana que, em rigor, traduz a maior perversão da democracia interna do PSD desde 1974. 


Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home