domingo

Da lassidão em Diplomacia


Do laxismo do nosso MNE no caso do jovem agredido em Ponte-de-Sôr
O que de pior pode acontecer a um ministro não é fazer um diagnóstico errado duma situação, sub ou sobrevalorizar uma variável em política, omitir correlações essenciais ou mesmo secundárias no processo de tomada de decisão. 
- O que de pior pode "entalar" um titular de cargo público (e humilhar uma nação inteira) é ser ultrapassado pelos acontecimentos... 
- Quando Santos Silva (MNE) quiser levantar a imunidade diplomática dos agressores iraquianos, já que o Governo poderá evocar essa figura dado tratar-se dum crime e não um acto decorrente de prática diplomática (logo não coberto por convenções), já os "pássaros agressores" estarão a rir-se no Estado de origem, enquanto que o jovem português se encontra às portas da morte no Hosp. Sta Maria e sem a devida protecção jurídica do Estado português que o deveria proteger e acarinhar. 
- Confesso que esta lassidão ou mesmo laxismo da parte do nosso MNE, um académico de boa preparação intelectual, me surpreende pela negativa. Será que estarei a ver mal o filme ou algo me escapa...
- Ou será que estão à espera que a vítima das agressões morra para que o MNE, o MP e a PJ actuem concertadamente!?

___________________________________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home