quinta-feira

Sentido trágico da vida...


... e da condição humana parece ligar-se à consciência agónica do tempo, a qual assume um calibre especial, como se duma "crónica duma morte anunciada" se tratasse. 
- É como se todos tivéssemos um relógio na sala, que representasse o mundo e ao mesmo tempo as nossas comezinhas vidas. - E é nesse bater lento que descobrimos a cadência do destino. Um destino alimentado pelos passos da morte.
- Todos nós, mais ou menos, conhecemos ou antevemos essa trágica situação, até "pelas costas dos outros".., porque o passado é irrecuperável e o futuro é, seguramente, uma visão ou projecção da morte, vivendo um presente sem saída. 

____________________



Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home