sexta-feira

Governo PS começa a"limpeza" no IEFP

Nota prévia: Conhecem-se as tropelias que o delegado do CDS no Governo cessante, Mota Soares, fez durante anos em nome do CDS, ou seja, nomeou partidariamente centenas de boys para cargos de chefias no IEFP. Fê-lo sem critério de competência técnica e cultural, pois o fito era satisfazer unicamente as clientelas do cds e psd no aparelho de Estado, com isso sacrificando as políticas, os apoios, os processos e os métodos de boa governação e transparência no sector do emprego e formação profissional,o qual se agravou em Portugal nos últimos 4 anos. Agora, é natural que o novo governo faça "a limpeza de boys" que se fizeram eleger - alguns por 5 anos - comprometendo a liberdade contratual e a autonomia do Estado apenas por motivos politico-partidários. Eis o legado da coligação pafiosa no aparelho de Estado que o governo em funções irá desfazer. Só peca por tardia. 

___________


Chefias do Instituto do Emprego foram afastadas


Embora o Conselho Diretivo (um presidente e dois vogais) tenha sido dissolvido, a intenção do ministro Vieira da Silva é manter o presidente cessante, Jorge Barbosa Gaspar, em regime de substituição até existir uma nova equipa, adiantou a tutela numa nota enviada ao jornal diário.
A direção cessante tem sido alvo de contestação por parte do Bloco de Esquerda (um dos partidos que garante maioria parlamentar ao Governo) precisamente devido aos recibos verdes. O deputado José Soeiro entregou, anteontem, uma pergunta dirigida a Vieira da Silva, denunciando o recurso a falsos recibos verdes no concurso que a direção do IEFP lançou para docentes e formadores na rede de centros de emprego e formação profissional.
______________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home