domingo

A inevitabilidade da eleição de MRS


Então, parece que o país poupou mais uns milhões aos portugueses evitando uma 2ª volta. Não é que ela não fosse desejável, mas será que essa segunda volta conseguia adiar o inevitável, i.é, a eleição de MRS!?

- Só Guterres o batia. Mas Guterres tinha - e tem - outros planos. 

- Oxalá os realize, porque isso será também positivo para Portugal. 

___________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home