quinta-feira

As sondagens andam loucas e excêntricas


As sondagens made in Portugal, ou algumas delas, continuam apostadas em registar - de forma alegadamente representativa - o universo da opinião da intenção de voto dos eleitores fazendo supor que os portugueses não vivem em Portugal, mas na Suíça, e que têm um Estado social à "nórdica", têm boas estradas, boas pensões, bom acesso à educação e saúde, pagam poucos impostos e gozam duma elevada taxa de emprego. 

As sondagens à portuguesa tiveram um "bom" guia: a coligação Paf - liderada por Lapsos Coelho e o seu Vice-torpedeiro, o "irrevogável" Portas. Estes também não são de cá, são de Marte, caso contrário, e se tivesse um pingo de vergonha, na cara nem sequer apareciam frente ao eleitorado, a quem esbulharam as reformas, as pensões e degradaram todos os indicadores socioeconómicos que agravaram a qualidade de vida dos portugueses. 

No fundo, as sondagens estão em linha com o ainda Governo, e este é uma extensão daquelas. Não são para levar a sério, excepto no dia 4 de Outubro, essa será a grande sondagem que nos dará o filme dos acontecimentos, e não uma fotografia tosca, parcial e partidariamente orientada.

Já sabemos que os portugueses são tolinhos, mas não tanto...
____________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home