domingo

Legitimidades europeia e grega:contabilidades diferentes


Em tempos aprendi em Direito político (e constitucional) que quando as revoluções falham os revoltosos são metidos na cadeia e a ordem velha é restaurada e reforçada. Porém, quando os revoltosos conseguem fazer vingar as suas ideias e a revolução se impõe na sociedade - os revoltosos capturam o poder e mandam prender (ou fuzilar!!) aqueles que se opunham à ordem emergente gerada pelas revoluções e dinâmicas sociais. Não estou aqui a defender que os players da troika de credores sejam enfiados na cadeia, ou sequer sejam fuzilados. Não, de todo. O que aqui sugerimos é que tirem as devidas ilações acerca da sua própria legitimidade democrática europeia, que sai substancialmente enfraquecida. 



Numa palavra, ou duas:

A Lagarde, o Djsessssblomsmsmsms, o Junker e até o Draghi deveriam ir à vida... É também por causa deles que a Grécia chegou ao caos. Até o desertor-Durão Barroso teve sérias culpas no cartório.

___________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home