quarta-feira

Carlos Moedas comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação

Carlos Moedas comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação

Publicado às 11.21

 JN

(Em atualização) O comissário indicado por Portugal para o futuro executivo comunitário, Carlos Moedas, vai assumir a pasta da Investigação, Ciência e Inovação, anunciou, esta quarta-feira, em Bruxelas, o presidente eleito da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

 
foto DR
Carlos Moedas comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação
 
O sucessor de Durão Barroso à frente da Comissão Europeia decidiu atribuir a Carlos Moedas, 44 anos, até agora secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, o pelouro da Investigação, ficando assim o comissário português responsável pelo maior programa-quadro de sempre de investigação e inovação da UE, o Horizonte 2020, com um orçamento para os próximos sete anos no valor de quase 80 mil milhões de euros.
A nova "Comissão Juncker" deverá entrar em funções a 01 de novembro próximo, tendo o colégio de comissários que ser aprovado ainda pelo Parlamento Europeu, depois de audições de cada um dos comissários designados, que terão início ainda em setembro.

______________

Obs: O reconhecimento por Juncker de que o actual Governo em Portugal, e o ministro Crato em particular só têm destruído o trabalho feito nas últimas duas décadas, em particular pelos governos de Guterres e Sócrates no domínio da C & T e I & D - talvez tenha conduzido a esta decisão. 

Nesta senda desenvolvimentista e no aprofundamento da aposta da sociedade do conhecimento, Juncker coloca-se no papel de reconhecimento do trabalho feito pelo então ministro Mariano Gago e reforça essa condição designando o engº Moedas, o delegado da troika no Governo de Passos Coelho, para tentar inverter a destruição massiva empreendida por Crato e pelos seus acólitos na área da C & T em Portugal.

Enfim, um sinal positivo no meio da escuridão. 

____________



Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home