quarta-feira

Novo diretor do fisco defende descida de impostos diretos

________________

Obs: Felicite-se o discurso de tomada de posse do novo director do fisco, pois sintetizou eficientemente os objectivos que há três anos deveriam ter sido eficazmente prosseguidos pela titular da pasta das Finanças e pelo XIX Governo (in)Constitucional no seu conjunto.

Com isto não se pretende dizer que o novel diretor do fisco se irá substituir ou sobrepor à tarefa da ministra dos mercados financeiros (incluindo aqui os famosos contratos swaps que redundaram em M€ de prejuízo para o erário público), mas bastaria que esta não boicotasse o trabalho assente nas promessas daquele responsável que, no seu discurso de investidura, denunciou bem a fragilidade e dependência da economia nacional. 

Uma fragilidade que tem empobrecido os portugueses de 2011 até ao presente, tamanha tem sido a austeridade sem sentido.
____________________________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home