terça-feira

Fede em São Bento...


Pergunto-me como é que a democracia representativa e pluralista da 3.ª República, enquadrada pelo rule of law, tolera estes graves desvios políticos, institucionais e de carácter ético e moral (?!). 

A existência destes dislates são a evidência que, afinal, a nossa democracia está perigosamente doente e é pouco representativa e pluralista. 

Se as instituições não mudam, há que mudar as pessoas para que aquelas mudem e melhorem a sua missão e desempenho na sociedade. 

Etiquetas: ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home