terça-feira

Uma razão de ser para a NATO...

Existir, ou persistir. A crise na Crimeia justifica-o solenemente. 



Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home