segunda-feira

Pescador à deriva 13 meses pisou terra firme


Jose precisou de ajuda para conseguir voltar a caminharPescador à deriva 13 meses pisou terra firme

Jose Salvador Albaniaga sobreviveu durante mais de um ano à deriva no oceano Pacífico, alimentando-se de sangue de tartaruga, peixe cru, carne de gaivota e... a própria urina.


Jose Salvador Albaniaga, um pescador mexicano de 37 anos, colocou hoje os pés em terra firme em Majuro, capital das Ilhas Marshall, ao fim de 13 meses e mais de 12 mil quilómetros à deriva no oceano Pacífico. O navegador solitário foi resgatado de um pequeno atol nas Ilhas Marshall, na Micronésia, onde a sua embarcação encalhara, por um barco de pescadores, na passada quinta-feira
Jose saiu de Tapachula, no México, a 21 de dezembro de 2012, em direção a El Salvador, "montado" num barco de sete metros para ir passar o dia a caçar tubarões. Mas uma tempestade acabou por levar o pescador (com 15 anos de experiência) a perder o rumo, ficando à deriva no imenso oceano. Desde que encalhou no atol, Albaniaga nunca mais deixou a embarcação.
A sua história faz lembrar o filme "O Náufrago", protagonizado pelo ator Tom Hanks. No entanto, não há memória de que nesta fita Hanks se tenha alimentado de sangue de tartaruga, carne de gaivota ou da própria urina. Na história de Jose... sim.
"Agradeço a Deus e aos pássaros que matei para comer". Estas foram as primeiras palavras de Jose quando chegou a terra, disse à Associated Press Tom Armbruster, embaixador dos EUA em Majuro, capital da Ilhas Marshall.



Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home