quinta-feira

Vergílio Ferreira - sobre a Morte -


O que mais me intriga e dói na nossa morte, como vemos na dos outros, é que nada se perturba com ela na vida normal do mundo. Mesmo que sejas uma personagem histórica, tudo entra de novo na rotina como se nem tivesses existido. O que mais podem fazer-te é tomar nota do acontecimento e recomeçar. (...) Repara no que acontece com a morte dos outros e ficas a saber que o universo se está nas tintas para que morras ou não.
Vergílio Ferreira, Escrever

__________


Interessante este contributo de Isabel Coutinho sobre o autor.

Eça de Queirós achava que se devia publicar de um homem célebre até as "contas do alfaiate". Quem conta isto é o escritor Vergílio Ferreira num dos volumes do seu diário "Conta Corrente"...

______________________

Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home