quinta-feira

Cavaco entre o BES e o País: a mentira tem a perna curta...



Está quase a fazer um ano que Cavaco disse que os portugueses podiam confiar no BES, do seu amigo Ricardo Salgado, o banqueiro do regime que tinha a particularidade de financiar todas as campanhas eleitorais em que Cavaco estivesse envolvido. 


Ontem, em Lamego, e por ocasião do "Dia da Raça", como salazarengamente cunhou a expressão, disse o mesmo de Portugal que um ano antes proferiu acerca do BES. Confiem... 

Se em 2014 foi acreditado por aqueles depositantes (particulares e institucionais) que depois vieram a perder todo o seu dinheiro depositado no banco do seu amigo Ricardo Salgado, não será plausível que o mesmo Cavaco, um ano depois, seja acreditado pelas declarações que fez em Lamego referentes a Portugal. 

A mentira tem a perna curta e a paciência também tem limites, ou deveria ter...

____________



Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home