sábado

Sousa Tavares "O país acabou" e já "não há saída

PAÍS
O país acabou e já não há saída


(...) 

“Apesar desta nossa crise, ainda somos dos poucos países, onde é possível viver com dignidade com menos dinheiro”, sublinha.
Apesar disso, revela que a crise foi tudo aquilo que pensou de pior e considera que “o país acabou” a partir do momento em que perdemos “350 mil pessoas em três anos e só no ano passado terem emigrado 110 mil jovens”.
“O país acabou quando se vê a juventude ir-se embora e as pessoas ficam envelhecer”, refere, defendendo que a situação poderá refletir-se no facto de ninguém ir votar nas próximas eleições, em 2015.

_____________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home