sábado

Quando puderes - konstantinos kavafis


Quanto puderes


Mesmo que não possas fazer a vida como a queres,
isto ao menos tenta
quanto puderes: não a desbarates
nos muitos contactos do mundo,
na agitação e nas conversas.

Não a desbarates arrastando­‑a,
e mudando­‑a e expondo­‑a
ao quotidiano absurdo
das relações e das companhias
até se tornar um estranho importuno.

___________

Etiquetas: ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home