quinta-feira

Tecnoforma Estado revogou financiamento a empresa de Passos Coelho

PAÍS
Estado revogou financiamento a empresa de Passos Coelho


Em causa está um financiamento total de 727 mil euros que foi revogado pelo Estado, na sequência de uma ação de fiscalização que permitiu apurar várias “desconformidades” denunciadas por formadores e que foram consideradas “muito graves”.[...]

___________

Obs: Admitindo que o alegado PM era um homem preparado para a governação, que não é; admitindo que o alegado PM definiu novas políticas públicas e um novo orçamento para inverter o ciclo recessivo no país, o que não conseguiu...

Admitindo ainda o que se quiser admitir, em abono de Passos Coelho, até por uma questão de solidariedade para os que caíram em desgraça, como é que é possível alguém ter serenidade e paz de espírito suficientes para atender à complexidade da exigente governação, sabendo que todos os dias os media denunciam irregularidades graves em empresas à qual o próprio Passos Coelho esteve intimamente associado. E numa dessas empresas, uma filial da Tecnoforma, foi até o fundador da famosa Ong...

Não se pode pedir ao Juiz que julgue, com isenção, rigor e independência, um dos seus filhos apanhado em flagrante delito a traficar drogas pesadas. 

Pedro Passos Coelho faria um favor ao seu Pai, que sofre imenso com a impreparação do filho na (des)governação do país bem como a toda a sua família, e, especialmente o país inteiro, deveria, logo que possível, agendar uma reunião com Cavaco e apresentar-lhe a demissão, por manifesta falta de força anímica e por esgotamento político total. 

Tudo o que vá além disto, já é caridade. 

Caridade, esbulho e confisco fiscal, que é aquilo em que unicamente se tem traduzido a acção incompetente de Coelho e de todo o seu elenco governamental. 

Esta é a verdade, nua e crua!!!

_____________

Etiquetas: , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home