terça-feira

O descalabro - por Luís Meneses Leitão -

O descalabro



É evidente o descalabro em que caiu o governo desde o início de Setembro. A ministra da Justiça eclipsou-se depois de ter causado o caos em todos os tribunais do país. O ministro do Ambiente cedeu às pressões para terminar com a reforma do arrendamento, uma das poucas que o governo tinha feito. O ministro da Educação não conseguiu colocar correctamente os professores. E agora ficou à vista de todos o desastre que foi a solução encontrada para o BES, sendo imprevisível o impacto que a mesma pode ter nas contas públicas. Mas o primeiro-ministro lava as mãos destes assuntos e o Presidente parece mais preocupado em explicar anteriores declarações suas do que em assegurar o regular funcionamento das instituições. O governo vai viver assim o seu último ano em estado vegetativo sem que ninguém lhe dê o golpe de misericórdia. 





______________

Obs: Nesta coisa que alguns ainda teimam em designar de Governo, mas que não passa dum cadáver adiado, nem os "ajudantes" escapam. Este Governo, na sua inteira e terrível globalidade, não vale o O2 que respira, e é o povo que paga esta desbunda mediante impostos sem justificação, tamanho o esbulho à colectividade. O inverno já começou.

______________________

Etiquetas: , , ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home