sábado

Greenpeace: 100 milhões de hectares de florestas selvagens em «chocante degradação»

Na sua página de Internet, a Greenpeace atualizou o mapa das áreas degradadas a nível planetário, revelando que, apesar dessas áreas se localizarem, em grande parte, fora do limite para o desenvolvimento, estão a ser atingidas pela ação humana.

DR/Greenpeace
Greenpeace: 100 milhões de hectares de florestas selvagens em «chocante degradação»
«As obras rodoviárias, plantações agrícolas e exploração madeireira estão a talhar essas florestas intactas em pequenos pedaços deixando-as vulneráveis a outros impactos», refere uma nota da Greenpeace.
O primeiro mapeamento das áreas florestais selvagens foi feito em 1990 e, na mais recente estimativa, a organização ambiental denuncia: «descobrimos que oito por cento destas áreas selvagens tinham sido degradadas desde 2000, tendo a maior taxa de degradação sido agravada na região da Ásia-Pacífico».
«A maior parte da degradação de florestas intactas é causada pela fragmentação de construção de estradas, exploração madeireira e o desmatamento, o que significa que vamos perder essas incríveis paisagens e as florestas que elas contêm se não forem tomadas medidas para as proteger», avisa a Greenpeace.
De acordo com a organização ambiental, as florestas intactas permanecem em apenas 64 países.
Lusa
_____________
Obs: Medite-se nestes impactos e nas consequências futuras que terão nas formas de vida: humana, animal e vegetal. 
______________________

Etiquetas: ,

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home